jusbrasil.com.br
22 de Abril de 2018

LinkedIn para advogados: saiba como ter conexões de sucesso na advocacia

Jurídica Marketing
Publicado por Jurídica Marketing
há 2 meses

Os advogados adoram o LinkedIn, e não é difícil saber o porquê. De todas as redes sociais, o foco do LinkedIn para negócios possui uma aura de profissionalismo muito adequada, oferecendo múltiplas formas de compartilhar conteúdos e demostrar conhecimentos especializados na advocacia.

Mas, como qualquer ferramenta, pode ser adversa se não for usada corretamente. Parte desse uso adequado envolve a etiqueta do LinkedIn. A falta de observação do comportamento correto pode prejudicar a sua reputação e do seu escritório de advocacia.

Aqui estão três coisas a serem evitadas no LinkedIn.

1. Não pense que você tem que aceitar todos os convites para se conectar

Você recebeu um pedido de conexão de alguém que você não conhece? Provavelmente prudente simplesmente ignorar ou gentilmente recusar isso. Sim, parece ser bom ter uma grande rede de conexões. Mas a qualidade e a sua reputação, duramente merecidas, são mais importantes do que a quantidade, quando se trata dessas conexões.

2. Não publique atualizações que não tenham nada a ver com sua área

Quando você compartilha itens através de uma atualização de status ou de um grupo profissional do LinkedIn, um excelente hábito que pode demonstrar seu conhecimento e autoridade é a verificação. Os demais devem estar de acordo com suas práticas ou da discussão em questão.

3. Não tente barganhar nada para obter resultados

O LinkedIn é sobre construir relacionamentos, e esse convívio precisa ser nutrido. Postando algo como "Se você está procurando uma experiência respeitável na advocacia, ligue para mim" pode fazer você parecer com um desesperado. Também causa problemas com a ética condizente com a advocacia e seu o marketing pessoal.

Você pode resumir todos esses pontos de etiqueta em uma frase: não se descuide. E essa frase deve ser transferida para a manutenção da sua página do LinkedIn. Certifique-se de ter todas as suas informações sempre atualizadas. E por fim esqueça de uma vez por todas o pensamento que o LinkedIn é apenas um lugar para colocar seu currículo de advogado.

No Linkedin, o objetivo é o aperfeiçoamento profissional, além de ser ótimo para melhorar sua carreira, também promove a oportunidade de construir uma valiosa rede de contatos. Afinal, quanto maior a conexão com suas relações, maior a chances de receber conteúdos assertivos e de obter sucesso.

Você tem alguma pergunta sobre esse assunto?

A Jurídica explica!

Você gostou desse artigo?

Deixe nos comentários!

2 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Fui das primeiras a fazer meu perfil no Linkdin. Hoje nem sei mais a URL dele. Preciso urgente ir lá pelo menos pra atualizar. De uns tempos pra cá pegou mesmo. Quando fiz nem levei a sério porque as pessoas não usavam. continuar lendo

Já estou por lá a algum tempo, excelente rede social para troca de experiências, especialmente para os advogados da área de Direito Digital. Aos que quiserem adicionar para agregar, serão bem-vindos: https://www.linkedin.com/in/garciandressa/ continuar lendo