jusbrasil.com.br
20 de Julho de 2018

4 dicas para NÃO fazer em seu blog jurídico e alguns conselhos se você quiser ter sucesso

Jurídica Marketing, Bacharel em Direito
Publicado por Jurídica Marketing
há 3 meses


Existem inúmeros motivos pelos quais os blogs jurídicos se tornaram uma ferramenta efetiva do marketing jurídico. Possivelmente porque quanto mais você produz, mais fácil de aproximar clientes em potencial você encontrará. Um post bem elaborado também pode ser o início de sua autoridade como influenciador de pensamentos em sua área de atuação e para seu escritório de advocacia.

Seu blog também pode dar benefícios indiretos. Imagine um jornalista que está à procura de um advogado especialista, seu blog pode posicioná-lo como uma fonte de conhecimento útil e confiável. Lembre-se qualquer atenção positiva resultante da mídia pode aumentar seu status e levar a mais casos, certo?

Aqui estão quatro atitudes para não se fazer em seu blog jurídico, e alguns conselhos!

1. Escrever ás vezes

Blog uma vez por mês ou menos e todos, incluindo você, perderão interesse. Regra geral: publique uma vez por semana no mínimo!

Fórmula simples: quanto mais você produz posts, mais leitores você receberá e quanto mais o seu blog se tornar evidente, mais resultados.

2. Escrever de forma rebuscada

É tentador mostrar seu conhecimento carregando suas postagens com o jargão jurídico. Outros advogados podem até ler seu blog, mas você precisa manter o seu público de interesse em mente quando você começar a escrever. Você vai e deve impressioná-los mais com um estilo que explique seus pontos e todos possam entender.

3. Escrever de qualquer jeito

Advogados inteligentes criam suas postagens com cuidado. Antes de postar, relaxe um pouco. Depois, leia e revise. Verifique atentamente sua gramática e ortografia. Lembre-se: um erro pode depor contra sua autoridade.

4. Escrever textos longos

Quase todos lerão suas postagens em smartphones. Sabemos como abraçamos o estilo de vida móvel, muitos estarão lendo enquanto estão em movimento. Regras básicas: Não escreva em um post além de 500 palavras e se concentre na simplicidade de expressão e na profundidade de pensamento.

Para resumir: um post é uma conversa, não uma comunicação unidirecional. Você pode não ter muitos leitores no início. Mas há pessoas lá fora que se interessam pelo que você tem a dizer. O segredo é entregar informações de qualidade no caminho certo.

Você gostou desse artigo?

Conte para a gente nos comentários!

7 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Olá!

Muito interessantes as dicas!

O blog é um canal fantástico para construir uma marca pessoal e gerar autoridade! Tenho feito (http://pedrocustodio.adv.br/) isso e os resultados vêm sim!

Abraços! continuar lendo

Pedro Custódio,
Obrigado pelo comentário!
A Jurídica Marketing foi feita sob medida para advogados como você!

Um forte abraço
Emerson Antunes continuar lendo

Grata pelas dicas, obrigada por compartilhar!
Será muito útil, já que irei criar o blog no mês que vem, e estou buscando conhecimento na área.
Sucesso para todos da Jurídica Marketing. continuar lendo

Muito bom o texto.
Procuro sempre seguir essas dicas em minhas postagens.
Abraço e muito sucesso! continuar lendo

Obrigado pelo comentário!
Suely...adoramos seu comentário.

Grande abraço! continuar lendo

Consegue fazer texto com 500 palavras?
Dá o link de um para eu ler... continuar lendo

Um texto com 500 palavras?
Não consigo... continuar lendo